O 1º aniversário é uma festa muito especial

Minha neta mais nova fez 1 ano e minha filha já tinha em mente tudo que ela queria para a comemoração.

Como costuma dizer, eu viabilizo as idéias dela.

Sempre foi assim!! Eu digo que as festas das filhas da Cláudia são festas que fogem um pouco dos meus projetos exatamente por que ela imprime seu estilo. Mas, claro, eu executo e aí consigo colocar um pouco do meu estilo também.

Então, ela começou me dizendo que a paleta era essa.

image00

Depois incluímos o rosa pink devido à dificuldade de encontrar materiais naqueles tons iniciais.

Ela me mandou várias imagens de passarinhos para que fosse feito o “save the date”, que foi entregue ainda em dezembro, e o convite que seria colocado na agenda dos amiguinhos na semana da festa. Escolhemos um, em conjunto!

Esse mesmo foi enviado por e-mail para os outros convidados.

E assim ficou o “save the date” com biscoitinhos de laranja da Didi´s Biscoitos que fizeram muito sucesso.

Tanto que resolvemos usar os mesmos biscoitinhos no brinde de saída para as crianças.

Delícia!!

image06

 

IMG-20160111-WA0009

Dessa imagem também saiu a forma do passarinho que trouxe o tema.

Então vamos ao assunto: a festa de 1 ano da Heloísa.

Vista geral

Como eu digo sempre, uma festa é feita de detalhes.

Cláudia queria uma fieira de luz, tão em moda atualmente e não queria com a luz branca que é mais fria. Fiz com luz amarela e cada lampadazinha coberta por uma forminha de doce, alternando rosa e amarelo. Eram 100 pontinhos e deu para circular as duas paredes principais do salão de entrada.

O quadro de giz, também super tendência, era outra exigência.

IMG-20160111-WA0011

Esse foi feito pela Flamingo em Festa,

de quem também alugamos algumas peças

que deram um toque vintage ao espaço.

Já veio impresso e

providenciamos a moldura.

O cavalete antigo já é do nosso acervo.

E por aí seguimos…

Numa feira infantil, Cláudia comprou peças da Rice e artigos de festa da LePinPop. Isso dá um toque especial à mesa. Os pompons de papel de seda, a jarra do arranjo maior, os copinhos que serviam de vaso às suculentas (cupcakes), uma bandeja de docinhos,tudo veio da Baby Bum.

header-022cac2582856970f4bfc08c00a11e93

O primeiro aniversário tem uma característica diferente. Nesse primeiro ano o bebê se desenvolve e adquire muitas habilidades. Consegue andar, sozinho ou com ajuda, já mostra suas vontades, falando algumas palavras, brinca com os amiguinhos da mesma faixa etária, principalmente as crianças que, como a Heloísa, está habituada a conviver com outras crianças.

Então a mãe pensou em qual seria o melhor horário da bebê, onde estivesse mais animada e pudesse brincar bastante. Isso determinou que a festa seria um brunch, pela manhã. As brincadeiras também foram pensadas para bebês e crianças pequenas, a irmã tem 3 anos.

Para que a brincadeira fosse perfeita, Cláudia alugou da Lovely Tents duas tendas num tapete de grama sintética. Heloísa adora brincar na tenda que a irmã tem no quarto. Isso, à luz do dia, com o sol entrando pela janela, fez toda diferença.

8201_467015670169536_8922366043127143549_n

Do outro lado do salão, o grupo de monitores da Magic Star disponibilizou brinquedos que as crianças usam normalmente no dia a dia num espaço que eles chamam de Lounge Bebê.

IMG-20160117-WA0009

rochinha logo

Outra ideia bem bacana que ela teve foi trazer uma carrocinha de Sorvete Rochinha e, depois do pratinho quente, foi disponibilizada no terraço para quem quisesse!!

IMG_20160119_083926

IMG_20160119_083822

IMG_20160117_144847822

E todo o espaço ficou muito agradável, parecendo uma festa ao ar livre.

Em dois momentos a família e os amigos querem estar presentes: quando o bebê nasce e todos querem conhecer o novo herdeiro e abraçar os novos papais e, depois, quando o bebê faz um aninho depois de tantas conquistas. Por isso, tradicionalmente, a festa de 1 ano é uma festa de muitos adultos.

Pensando nisso a mãe quis fazer doces mais adultos além dos tradicionais oferecidos pelo Buffet. Pensou também numa produção mais elaborada e, então, alguns deles foram colocados em mini cúpulas e mini gaiolinhas. Indiquei uma doceira Louzieh Doces Finos que faz uns doces muito gostosos e que até dá pena de comer de tão bonitinhos. Os tradicionais estavam em forminhas de flores rosa pink. Além disso também encomendamos bolachas decoradas e cupcakes com suculentas da Madame Gateau.

Tudo isso enfeitou bastante a mesa.

IMG_20160117_124955450

 

O trabalho de scrap ficou por conta dos banners com o nome, as casinhas de passarinho, galho com fotos da Lolo em bolas de acrílico, gaiolas de madeira pintada que enfeitavam o espelho do aparador das Comidinhas da Lucila com quem trabalhamos há muito tempo por ser uma proposta de comida mais saudável para as crianças.

 

E como não pode deixar de ser, o bolo é o centro de atenções da mesa. Aqui fizemos um bolo cenográfico que era uma gaiola enfeitada com flores e nas cores da festa.

IMG_20160117_081758728

Na saída mamães e crianças saíram com alguns mimos que estavam dispostos no bar do salão, revertido para acomodar pratos, talheres, além dos caixotes de feira com os brindes e as sacolinhas e suqueiras com diferentes opções de suquinhos saudáveis.

Achamos que essa festa foi a melhor que já produzimos juntas.

Por que essa festa superou todas as que fizemos juntas?

Porque tudo deu certo, o dia amanheceu ensolarado, ao contrário dos dias anteriores.

Tudo funcionou como uma festa ao ar livre, dentro de um salão, com segurança!!

Todos aproveitaram e curtiram bastante, num ambiente alegre, cuidadosamente produzido e o serviço, a cargo do Sr Nelson, perfeito.

A aniversariante brincou, sem stress, sem cansaço, sem se irritar. E os amiguinhos também!! Opções não faltaram.

É muito gratificante fazer uma festa em que adultos e crianças ficam felizes!!

 

 

 

 

Anúncios

Uma festa diferente

Momento de puxar os cordões e controlar os gastos mas… como deixar de comemorar o aniversário da Talitha?

A mãe viajou a trabalho e nos deixou essa tarefa. Planejar e começar a produzir a festa.

Eu havia encomendado um kit de “docinhos” de feltro da loja Pottery Barn Kids da Califórnia, mas comprei de uma famosa festeira de São Paulo que já tinha usado algumas vezes e estava “desapegando”. Essa é uma ótima ideia para conseguir peças bacanas por um preço melhor!!

953

Lindos!! Compus com alguns pratos, uma frasqueira usada como floreira e já tinha a paleta da festa!!

Mandei a foto para a mãe e, APROVADO!!

Decidimos, eu e Talitha, que seria uma festa tipo “menino não entra” para 20 meninas e a proposta era uma oficina de culinária. Resolvemos fazer uma oficina de cupcakes.

Começamos, então, com o “save the date”  para que todos ficassem animados e se preparassem para a festa que aconteceria no dia seguinte ao início das aulas!

No primeiro dia de aula entregamos o convite!!

105   108

Elaboramos o cardápio  pensando em uma alimentação mais saudável.

  • Mini pizzas de mussarela com uma massa rápida caseira (do nosso caderno de receitas)
  • Mini pães de queijo
  • Sanduíches de carne louca e frango louco
  • Frutinhas lavadas e cortadas: uvas sem semente e morangos

As frutinhas foram sucesso total entre os adultos e as crianças.

No lounge dos adultos disponibilizamos bandejas com chips e molhos (onions e chedar) e torradinhas com pastinha de azeitona.

As crianças também “fizeram a festa” nos chips.

Para os adultos, latinhas de cerveja. Bastava ir buscar na geladeira.

Na mini mesa das crianças

  • Pipoca
  • Biscoito de polvilho
  • Brigadeiros de diversos sabores: tradicional, branco, morango, casadinho, nozes.
  • Marshmallows
  • Sacolinhas com guloseimas, para levar pra casa o gostinho da festa.
  • Garrafinhas de água, essas não podem faltar

134

Nas suqueiras, suco de uva e laranja, escolha da aniversariante.

Para algum fã de refrigerante deixamos à mão também uma garrafa de guaraná.

Produzimos tudo em casa e uma copeira “pilotou” a cozinha.

Na entrada do salão, flores e um chalkboard dando as boas vinda aos convidados.

113

Criamos diferentes ambientes. O espaço com mesas de convidados em frente à mesa do bolo.

136 (2)

A “Cozinha da Talitha” um espaço com as mesas arrumadas em semi círculo onde fizemos a oficina de cupcakes e o naked cake do parabéns.

135

Sacolas com avental, touca e luvas marcavam os lugares das amiguinhas, cada um tinha um balão atado na alça.

Amamos bandeirolas! São muito fofas e dão um ar divertido à festa. Usamos essa ideia para decorar a “cozinha”.

A oficina de cupcakes foi sucesso total e todas participaram. A lembrancinha era um porta treco para que cada uma pudesse levar sua produção.

023    1538

1417   022

Havia ainda o lounge. Esse não pode faltar. Mais descontraído que as mesas, a conversa flui melhor!!

No fundo do salão montamos a discoteca do grupo Só Alegria. Muito bons na animação, divertiram as meninas entre uma oficina e outra. Super recomendo!!

163

E a mesa do bolo?

Essa ficou muito descolada com o painel da CROMUS imitando a entrada de uma Patisserie. Balôes convencionais com gás hélio de um lado e lanternas japonesas variadas do outro, sendo a branca de renda, tendência total!!

137 (2)

Bom, na mesa tinha marshmallows, brigadeiros de colher, docinhos em mini cúpulas transparentes e em xicrinhas de brinquedo mas não tinha o bolo do parabéns!! Quando eu comecei  a pensar no bolo me ocorreu uma ideia. Por que não fazer um naked cake com as meninas? Totalmente inovador!!

Comprei prontos os discos de pão de ló, preparei uma calda de laranja e recheamos com Moça espessado. As meninas participaram, colocaram as frutinhas e foi uma farra peneirar o açúcar impalpável em cima do bolo. Direto para a mesa, foi o parabéns mais divertido que já vi!! As crianças cercaram a Talitha e quase não havia lugar para os pais.

174 (2)

Bem verdade o que estava escrito no quadrinho que enfeitava o aparador das bebidas.

152 (2)-001

A melhor doçura é a das pessoas. Não engorda e ainda te faz feliz!!

Curtimos muito essa festa!! Totalmente diferente.

Divagando…

Quando eu ainda trabalhava como engenheira na Lignt eu sonhava em criar um espaço onde as pessoas poderiam fazer as festa de suas crianças e ter um espaço para que os adultos pudessem conversar enquanto suas crianças se divertiriam com supervisão.

Não cheguei a viabilizar e a minha “brilhante ideia” começou a proliferar em todos os cantos do Rio de Janeiro. Desisti!! Não dava para bancar aquela superprodução que os buffets trouxeram com brinquedos enormes, espaços enormes e aquelas mesas enormes, verdadeira parafernália de personagens, nem sempre numa mesma escala ou numa mesma linguagem…

Nunca fiz as festas dos meus filhos em nenhum deles. Fiz, sim, quando começavam a ficar mocinhos, 10 ou 11 anos, numa discoteca, a Vogue, que fazia matinês infantis. Você fechava e fazia a festa lá. Como diz minha filha mais velha, no tempo em que os 3 andavam na mala da Belina sem cinto de segurança. Hoje não seria mais possível, a avaliação do risco não permitiria.

Começaram as festas dos netos e a primeira festa da primeira neta foi no salão de festas do prédio. A segunda também. produzi tudo, mesa do bolo, mesa de guloseimas, mesa de brindes de saída, tudo! E na terceira a mãe já achou que deveria fazer num buffet. Produzi só os brindes que foram entregue às crianças na saída. A partir daí, nas outras festas dela, já passei a produzir o bolo, a mesa de guloseimas e os brindes de saída, apesar das mesas enormes do parabéns e dos brinquedos barulhentos

JJF_FESTA_THALITA_PAPARICOS_ago2014IMG_2470

Mais tarde, no primeiro aniversário da segunda neta, conheci outro tipo de buffet. São conhecidos como buffets alternativos, sem brinquedos eletrônicos, sem aquela poluição sonora, parecidos com os quintais que tínhamos nas nossas casas antigamente. Produzimos tudo, como uma festa em casa, mas num espaço amplo e gostoso, que não temos mais nos nossos apartamentos, cada vez mais compactos. As festas de 2 e 3 anos foram no salão de festas do meu prédio e, sempre, eu e a mãe dela produzimos tudo!!

Peppa

O primeiro aniversário do meu neto, como muitas vezes acontece, foi uma festa mais da família, com os primos e poucas crianças, no salão do prédio. Quando ele fez dois anos, só os primos numa festa dentro do apartamento. Tudo foi produzido com o mesmo cuidado: mesa de bolo, de comidinhas saudáveis, de brindes na saída, mesmo sendo poucas crianças. Meu neto é intolerante à lactose e isso trouxe um novo foco às festas infantis, devem ser saudáveis!

DSC_2844

Enfim, organizando essas idéias, eu vejo que sempre fizemos as nossas festas com o mesmo carinho e o mesmo cuidado, embora com conceitos bem diferentes.Esse diferencial foi percebido e escolhido por algumas pessoas que nos contrataram para fazer suas festas, as festas dos seus filhos.

Acho que seja uma festa intimista, seja uma festa barulhenta, seja uma festa descolada, sempre eles percebem que são o centro de tudo aquilo, recebem bem o nosso carinho traduzido em uma celebração de cada novo ano de vida e, pelo menos no caso da minha neta mais velha que eu produzo também um scrapbook para cada festa de aniversário, é um prazer rever muitas e muitas vezes as fotos e os detalhes da data.

Não sou saudosista, não sonho em reeditar padrões antigos, sigo tendências sempre com novo entusiasmo, vejo cada vez mais uma proposta de fazer festas mais saudáveis, menos gordices, menos trash food mas a produção do evento, independente do conceito, preenche a fantasia da criança e não vejo como ser diferente… são festas de aniversários de crianças.

Pavê de Uva no Copinho

potinho

Do gnt – Fazendo a Festa

Nível de dificuldade: médio
Tempo de preparo: 1h20m
Rendimento: 10 potinhos
*

*

*

Massa de amêndoas:

Ingredientes
2 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de amêndoa moída
1 xícara de açúcar
2 ovos
100g de manteiga em temperatura ambiente
1 xícara de leite
1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de preparo
Misture a manteiga e o açúcar, adicione os ovos um a um e bata mais um pouco. Intercale a farinha misturada com amêndoas e o leite. Mexa até obter uma massa homogênea. Por fim, misture o fermento. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 35 a 40 minutos. Após esfriar, esmigalhe a massa e reserve.

Creme branco:

Ingredientes
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite

Modo de preparo
Misture bem e leve ao fogo baixo até ficar cremoso. O ponto fica tipo um mingau. Deixe esfriar. Para montar, vamos precisar de copos de plástico médios com tampa e pazinhas de madeira. Começamos com uma camada de creme, depois o farelo do bolo, mais uma camada de creme e finalizamos com uvas sem caroço cortadinhas ao meio.
Vale lembrar que fica uma delícia com todos os tipos de frutas!
Pra finalizar e ficar bem charmoso, usamos barbantes no tom da festa.

O que eu fiz:

Fiz um pão de ló e coloquei em pedaços no fundo do copinho.

Reguei com uma calda feita com

1 xícara de água

1 xícara de açúcar

(mistura e leva ao fogo até ferver)

aromatizada com essência de laranja

Cobri com o Leite Moça Espessado (lata grande para confeiteiros)

e coloquei 4 uvinhas sem caroço inteiras mesmo.

Foi um sucesso!!  _20150501_171530

Os copinhos tinham uma colherzinha amarrada à tampa com fita kraft na cor da festa.